Topo

Itália autoriza desembarque de 10 dos 53 imigrantes do "Sea Watch 3"

2019-06-15T14:24:00

15/06/2019 14h24

Roma, 15 Jun 2019 (AFP) - O ministro italiano do Interior, Matteo Salvini, autorizou neste sábado o desembarque de dez dos 53 imigrantes a bordo do "Sea Watch 3", navio humanitário ancorado em frente à ilha siciliana de Lampedusa à espera de um porto seguro para atracar, segundo a imprensa italiana.

Os autorizados a desembarcar são três menores, três mulheres (duas delas grávidas), dois acompanhantes e dois doentes, de acordo com os meios de comunicação, citando fontes oficiais.

Os imigrantes serão levados à terra numa lancha da guarda costeira italiana.

O "Sea Watch 3" socorreu na quarta-feira 53 imigrantes que estavam a bordo de um bote motorizado que estava à deriva em frente à Líbia, o que provocou a ira de Salvini, que denunciou um comportamento "pirata" e "ilegal".

Salvini, que é também vice-primeiro-ministro italiano, reafirmou no sábado a proibição formal da entrada em águas italianas do "Sea Watch 3".

Salvini acusou a ONG alemã Sea Watch de recusar o desembarque dos imigrantes na Líbia, apesar da autorização concedida por esse país.

fio/jz/al/lca

Mais Internacional