Topo

Deputado venezuelano está na Colômbia, após deixar residência diplomática em Caracas

17/06/2019 17h53

Cúcuta, Colômbia, 17 Jun 2019 (AFP) - O opositor Richard Blanco, um dos 15 parlamentares venezuelanos acusados pelo chavismo de apoiar uma rebelião militar contra o presidente Nicolás Maduro, está na Colômbia, depois de ter deixado a residência do embaixador argentino em Caracas.

Blanco confirmou à AFP que chegou nesta segunda-feira a Cúcuta por um dos caminhos irregulares que levam a essa cidade colombiana.

Cheguei "depois de 18 horas de viagem de Caracas até aqui, passando por postos de polícia, por diferentes estados venezuelanos", acrescentou o deputado.

O Supremo Tribunal de Justiça (TSJ) ordenou que Blanco e outros 14 parlamentares sejam processados por suposta participação no fracassado motim de um grupo de militares liderado pelo opositor Juan Guaidó em 30 de abril.

Desde então, o deputado se refugiava na residência do embaixador da Argentina em Caracas para evitar sua prisão, mas na noite de domingo empreendeu sua fuga do país.

"Tive que ir porque haviam condições diplomáticas que eu tinha que respeitar. Eu não consegui ficar em um lugar onde eu não podia falar. Eu quero falar, eu quero defender meu povo", acrescentou.

Em sua chegada a Cúcuta, Blanco afirmou que se reunirá com militares desertores da guarda venezuelana que se encontram na Colômbia antes de seguir viagem para um destino não especificado.

"Não, eu não vou ficar na Colômbia, vou seguir, vou seguir até o sul" do continente, antecipou.

vid-lv/vel/yow/cc/db

Mais Internacional