Topo

Oito países da Otan vão cumprir meta de gasto militar em 2019

25/06/2019 15h20

Bruxelas, 25 Jun 2019 (AFP) - Oito dos 29 países da Otan vão cumprir seu objetivo de investir 2% do PIB em gastos militares em 2019, um pedido recorrente dos Estados Unidos, anunciou nesta terça-feira o secretário-geral da Aliança, Jens Stoltenberg.

"Neste ano, esperamos que oito aliados gastem pelo menos 2% do PIB em defesa, em comparação com os três aliados em 2014. Isto é uma boa tendência", disse Stoltenberg, na véspera de uma reunião dos ministros da Defesa.

Segundo as primeiras estimativas da Otan para 2019, o gasto militar superaria esse objetivo nos Estados Unidos (3,42%), Grécia (2,24%), Estônia (2,13%), Reino Unido (2,13%), Romênia (2,04%), Polônia (2,01%) e Letônia (2,01%).

Embora as primeiras cifras sugiram um gasto de 1,98% na Lituânia no exercício atual, a Aliança Atlântica precisa que este país báltico possa finalmente alcançar 2%.

Luxemburgo (0,55%), Espanha (0,92%) e Bélgica (0,93%) se mantêm como os maiores descumpridores do gasto militar da Otan.

Stoltenberg destacou que "a maioria dos aliados" têm planos de cumprir o objetivo e que os aliados europeus e Canadá terão gasto mais de 100 bilhões de dólares a mais desde 2016.

tjc/mb/ll/ff

Mais Internacional