Topo

Supremo rejeita um dos pedidos de liberdade de Lula

25/06/2019 18h51

Brasília, 25 Jun 2019 (AFP) - O Supremo Tribunal Federal rejeitou o primeiro dos dois pedidos que deve analisar nesta terça-feira sobre a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que cumpre pena de mais de oito anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Por 4 votos contra 1, a segunda turma do Supremo rejeitou o recurso contra a decisão adotada por um juiz de um tribunal superior e que se anunciava com poucas chances de ser aceito.

O outro recurso, que está em debate, pede a anulação da condenação de Lula pelo então juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, por suposta "parcialidade".

Lula, 73 anos, que cumpre desde abril de 2018 em Curitiba uma pena de 8 anos e 10 meses de prisão, se declara inocente e afirma que Moro fez parte de uma conspiração para impedir o retorno da esquerda ao poder.

Os advogados do ex-presidente alegam suspeição diante da decisão de Moro de aceitar o cargo de ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro, que derrotou Fernando Haddad, o substituto de Lula, na eleição presidencial de 2018.

Os argumentos da defesa ganharam força após a publicação pelo portal The Intercept Brasil de supostas mensagens entre Moro e os procuradores da Lava Jato para barrar a candidatura de Lula.

mel/js/lr

Mais Internacional