Topo

Procurador especial vai comparecer ao Congresso americano para falar sobre investigação russa

2019-06-26T06:19:00

26/06/2019 06h19

Washington, 26 Jun 2019 (AFP) - O procurador especial Robert Mueller aceitou comparecer a uma audiência pública no Congresso dos Estados Unidos sobre sua investigação a respeito da interferência russa nas eleições presidenciais de 2016, anunciaram congressistas democratas.

Mueller comparecerá ao Comitê Judicial e ao Comitê de Inteligência da Câmara de Representantes em 17 de julho.

"A Rússia atacou nossa democracia para ajudar Trump a vencer. Trump agradeceu e usou esta ajuda", escreveu no Twitter Adam Schiff, presidente da Comissão de Inteligência da Câmara de Representantes.

"Como disse Mueller, isto deveria preocupar todos os americanos. E agora todos os americanos escutarão diretamente Mueller", completou.

A aparente reação do presidente Donald Trump veio rapidamente com um tuite de duas palavras: "Assédio presidencial!".

O relatório Mueller, publicado em abril, menciona diversos contatos entre a campanha eleitoral de Trump e russos vinculados ao governo. Também revelou que o presidente tentou em diversas ocasiões obstruir a investigação.

Os democratas estão divididos sobre a ideia de iniciar ou não um processo político contra o presidente republicano, mas, antes de tomar uma decisão, solicitaram a figuras importantes do caso que falem publicamente sobre o relatório, pois temem que grande parte do país não esteja a par de seu conteúdo.

iba/la/rsr/gma/mps/fp

Mais Internacional