Topo

Austrália pede esclarecimento sobre estudante australiano detido na Coreia do Norte

27/06/2019 01h50

Sydney, 27 Jun 2019 (AFP) - A Austrália anunciou nesta quinta-feira que pediu "esclarecimentos urgentes" sobre um estudante australiano que estaria detido na Coreia do Norte.

O ministério australiano das Relações Exteriores informou que mantém contato com a família de um homem "que estaria detido na Coreia do Norte".

A imprensa identificou o detido como Alek Sigley, um estudante de literatura coreana na Universidade Kim Il Sung, principal centro educativo da Coreia do Norte.

Sigley também dirige uma empresa especializada em viagens pela Coreia do Norte e escreve artigos sobre o panorama gastronômico de Pyongyang, entre outros temas, para o NK News, um site americano baseado em Seul que oferece informações e análises sobre a Coreia do Norte.

Suas últimas publicações nas redes sociais ocorreram há três dias.

De pai anglo-australiano e mãe chinesa, Sigley estudou na Universidade de Fudan, em Xangai, e na Coreia do Sul, antes de ir morar em Pyongyango.

"O ministério espera um esclarecimento urgente", assinala um comunicado de Canberra. "Devido ao nosso compromisso de respeito com a vida privada, não faremos outros comentários".

A Austrália não tem missão diplomática em Pyongyang, onde é representada pela embaixada da Suécia.

Mais Internacional