Topo

Hezbollah considera sanções dos EUA contra legisladores humilhação para os libaneses

09/07/2019 16h35

Beirute, 9 Jul 2019 (AFP) - O Hezbollah xiita libanês denunciou nesta terça-feira (9) as sanções americanas contra dois de seus legisladores, classificando-as de "humilhação para os libaneses".

"Essas sanções são uma humilhação para o povo libanês", declarou Ali Fayad, deputado do partido, citado por um canal de televisão libanês. Fayad pediu ao Parlamento e ao governo libaneses para denunciá-las "oficialmente".

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos impôs nesta terça-feira pela primeira vez sanções contra políticos eleitos pertencentes ao Hezbollah, incluindo em sua lista negra aos legisladores libaneses Amin Sherri e Mohamad Hassan Raad.

Segundo o Departamento do Tesouro, esta ação busca ressaltar como o Hezbollah utiliza seu poder político para "corromper e explorar o sistema financeiro e de segurança do Líbano".

rh/hj/cgo/mar/es/cc

Mais Internacional