Topo

Proibir canudos de plástico não é prioridade para Trump

19/07/2019 19h38

Washington, 19 Jul 2019 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que "há problemas maiores" que proibir os canudos de plástico, um dia após o diretor da sua campanha à reeleição promover no Twitter os "canudos Trump".

Entre perguntas sobre o Irã e a China nos jardins da Casa Branca, um jornalista questionou o presidente sobre os esforços no país para proibir os canudos de plástico.

"Acredito que temos problemas maiores que os canudos de plástico", respondeu Trump, que após uma breve pausa devolveu a pergunta: "E os pratos, embalagens e tudo mais muito maior que é feito do mesmo material?".

"Todos se concentram nos canudos. Há muito mais coisas para se preocupar (...). Mas é uma pergunta interessante", disse Trump entre risos.

Nos Estados Unidos crescem as campanhas para proibir os plásticos de uso único. Washington e Seattle já proibiram os canudos de plástico, que foram substituídos pelos de papel.

Na quinta-feira, o diretor da campanha de Trump para 2020, Brad Parscale, promoveu canudos de plástico da marca Trump, da cor vermelha do Partido Republicano e com o nome do presidente gravado, por 15 dólares o pacote com 10.

"Os canudos de papel da esquerda não funcionam. Apoie o presidente Trump e compre seu pacote de canudos recicláveis hoje. São reutilizáveis, livres de bisfenol A e "Made in USA".

Twitter

Internacional