Topo

Talibãs autorizam reabertura de centros de saúde no Afeganistão

19/07/2019 13h58

Cabul, 19 Jul 2019 (AFP) - Os talibãs autorizaram nesta sexta-feira uma ONG sueca a reabrir dezenas de seus centros de saúde no oeste de Cabul, depois que ordenaram recentemente seu fechamento após o ataque do exército afegão.

A comissão de saúde dos talibãs deu ao Comitê sueco para o Afeganistão (SCA) "a permissão de retomar suas operações", declararam em comunicado.

Nesta sexta-feira, o SCA declarou que havia começado imediatamente a reabrir suas clínicas, pedindo que volte a trabalhar.

Os insurgentes haviam ordenado à ONG fechar 42 de suas 77 centros de saúde na província de Wardak, a oeste de Cabul, depois de um ataque das forças especiais afegãs no começo de julho contra uma de suas clínicas em que morreram quatro pessoas: um técnico de laboratório, um guarda e dois auxiliares.

Os talibãs haviam acusado o SCA de não ter se mantido "imparcial" e não ter conseguido proteger sua clínica. Afirmaram, ainda, que as forças americanas também participaram no ataque.

O exército americano não quis comentar o incidente.

Uma investigação está em curso, declarou à AFP Fawad Aman, um porta-voz do ministério afegão da Defesa, e acrescentou que os rebeldes costumam se esconder na casa das pessoas e às vezes utilizam os hospitais como escudos durante confrontos com as forças de segurança.

wat/ds/jf/ahe/ia/bc/mar/cc

Mais Internacional