Topo

Mortes violentas no Rio de Janeiro caem 15% no primeiro semestre

22/07/2019 21h05

Rio de Janeiro, 23 Jul 2019 (AFP) - O estado do Rio de Janeiro registrou 3.048 mortes violentas no primeiro semestre de 2019, 15% a menos que no mesmo período do ano passado, informou o governo na segunda-feira (22).

O índice inclui homicídios dolosos (que foram reduzidos em 23% em comparação com o período de janeiro a junho de 2018), roubos seguidos de morte (menos 34%) e mortes em intervenções policiais, que no mesmo período aumentaram 14,6%, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP).

"A polícia tem mandado seu recado aos criminosos. Não seremos lenientes com quem usa fuzil", afirmou o governador, Wilson Witzel, ao apresentar os dados numa coletiva de imprensa no Rio.

As operações da Polícia Militar aumentaram 46% no primeiro semestre; por outro lado, a morte de policiais em serviço caiu 63% em relação ao período anterior, informou o governo, sem apresentar o número.

Em suas redes sociais, Witzel destacou a redução dos homicídios, mas não se referiu ao aumento de pessoas abatidas pela polícia, que passaram de 769 no primeiro semestre do ano passado para 881 no mesmo período deste ano.

Witzel assumiu o poder em janeiro e tem admitido ter aspirações presidenciais, defende uma política de "mão dura" contra o narcotráfico.

Desde que foi eleito, tem sido alvo de críticas entre os defensores dos direitos humanos por defender o uso de "mísseis" para aniquilar delinquentes nas favelas e uso de atiradores de elite para matar pessoas que estiveram com fuzis nessas comunidades.

mel/js/rsr/lca/mvv

Mais Internacional