Topo

Presidente do Afeganistão pede explicações a Trump

23/07/2019 09h19

Cabul, 23 Jul 2019 (AFP) - O presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, pediu nesta terça-feira explicações o seu colega americano, Donald Trump, por ele afirmar que poderá vencer a guerra facilmente naquele país, mas que não queria "matar 10 milhões de pessoas".

"O governo da República Islâmica do Afeganistão pede explicações sobre as declarações do presidente dos EUA", disse o gabinete de Ghani em um comunicado.

O presidente Trump fez essas declarações quando recebeu o primeiro-ministro paquistanês, Irman Khan, na Casa Branca.

"Se eu quisesse ganhar a guerra, o Afeganistão teria desaparecido da face da Terra. Isso teria literalmente terminado em dez dias ... mas eu não quero matar 10 milhões de pessoas", disse Trump.

Além disso, disse que o Paquistão ajudará os Estados Unidos a sair desse conflito e que há "enorme potencial" nas relações entre Washington e Islamabad.

"Enquanto o governo afegão apóia os esforços dos Estados Unidos para garantir a paz no Afeganistão, enfatiza que chefes de Estado estrangeiros não podem determinar o futuro do Afeganistão sem líderes afegãos", destacou a assessoria doe Ghani.

Cabul e Washington há muito criticam o Paquistão por alimentar o conflito afegão apoiando o Talibã.

Os Estados Unidos buscam um acordo de paz após 18 anos de intervenção militar.

us-wat/jf/lch/mis7zm/cn

Facebook

Internacional