Topo

Turbulências em voo entre Ilhas Maurício e Espanha deixam 14 pessoas feridas

Avião, um Airbus 330, aterrissou no aeroporto de Barajas, em Madri, ontem à noite, após o susto - Paul Hanna/Reuters
Avião, um Airbus 330, aterrissou no aeroporto de Barajas, em Madri, ontem à noite, após o susto Imagem: Paul Hanna/Reuters

Em Madri

21/08/2019 18h39

Quatorze pessoas ficaram levemente feridas quando um voo, operado pela companhia aérea de baixo custo Evelop, procedente de Ilhas Maurício com destino a Madri, atravessou uma zona de fortes turbulências, indicou hoje a empresa.

O avião, um Airbus 330, aterrissou suavemente no aeroporto de Barajas, em Madri, ontem à noite, após registrar um episódio de 15 segundos de turbulência severa de ar claro que fez com que o avião descesse 100 metros, indicou a Evelop em um comunicado.

Um total de 14 pessoas sofreram contusões leves e foram trasladadas a hospitais locais, onde foram atendidas, informou a companhia aérea. Entre os feridos havia três comissários de bordo, indicou um porta-voz da Evelop.

Um passageiro, que só deu seu primeiro nome, Mar, declarou à emissora Cadena Ser que o avião caiu "como quando você está em um brinquedo no parque de diversões".

"Vimos muitos passageiros voarem, literalmente, por cima dos assentos, alguns batendo no teto, nas poltronas do lado", acrescentou.

A companhia aérea afirmou que o sinal que indica o uso obrigatório do cinto de segurança estava aceso antes do avião entrar na zona de turbulências.

Uma turbulência de ar claro ocorre em céus limpos, sem que haja nenhum indicativo visual, como nuvens.

A Evelop, com sede nas Ilhas Baleares, na Espanha, opera voos de curto e longo alcance fora da Espanha e de Portugal para outros destinos turísticos.

Mais Internacional