Topo

Lorena volta a ser furacão ao se aproximar de Los Cabos

20/09/2019 13h36

México, 20 Set 2019 (AFP) - Lorena recuperou força no Pacífico e voltou a ser um furacão nesta sexta-feira (20), ao se aproximar da península de Baixa Califórnia, no balneário mexicano de Los Cabos, muito popular entre os turistas estrangeiros.

Após perder força na quinta-feira (19), recuando para uma tempestade tropical depois de tocar a costa central do Pacífico mexicano, o furacão Lorena registrou ventos sustentados de 120 km/h, de acordo com um relatório do Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Às 15h GMT (12h de Brasília), segundo o NHC, o fenômeno estava localizado a 95 quilômetros de Cabo San Lucas e se movia a uma velocidade de 4 km/h na direção noroeste.

"O centro de Lorena passará perto ou sobre a parte sul da península de Baixa Califórnia hoje à tarde (sexta-feira) e se afastará gradualmente da costa entre hoje e sábado", completou o NHC.

Espera-se que o fenômeno ganhe um pouco mais de força para, então, começar a enfraquecer na noite de sábado.

Em poucos dias, Lorena deve ser absorvida pela tempestade tropical Mario, que também avança pelo Pacífico com ventos sustentados de 100 km/h, mas sem representar uma ameaça, a quase 600 quilômetros da costa mexicana.

Lorena causou chuvas intensas, ventos fortes e ondas. Portos foram fechados, e aulas e outras atividades nas áreas afetadas, suspensas.

Nesta sexta, a Defesa Civil suspendeu as aulas em Los Cabos e, como medida preventiva, restringiu as atividades a todos os navios da região.

sem/jhb/tm/mr/tt

Mais Notícias