Topo

Desemprego sobe ligeiramente no Reino Unido

15/10/2019 07h51

Londres, 15 Out 2019 (AFP) - A taxa de desemprego no Reino Unido subiu ligeiramente, a 3,9%, nos três meses até o final de agosto, informou nesta terça-feira o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS) britânico, ressaltando que o mercado de trabalho está desacelerando com a proximidade do Brexit.

No final de julho, o desemprego havia caído a 3,8%, seu nível mais baixo em 45 anos. No final de agosto continuava um pouco inferior ao mesmo período do ano passado (4,0%), segundo o ONS.

Os salários aumentaram 1,9% no ano, sem levar em conta a inflação, em um país acostumado a empregos precários e de baixa remuneração.

"O mercado britânico mostrou sinais de desaceleração nos três meses que terminaram em agosto de 2019", comentou o ONS.

"As incertezas econômicas e políticas pesam sobre os projetos de contratação das empresas", afirmou.

O organismo citou um estudo da Câmara de Comércio britânica que aponta que se o Reino Unido abandonar a União Europeia sem acordo, 22% das empresas entrevistas prevê revisar seus planos de contratação, contra 3% que prevê aumentá-los.

ved-acc/erl/mr

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias