Topo

Trump diz que queda de Evo Morales 'envia sinal a regimes ilegítimos'

"A democracia e a vontade do povo sempre prevalecerão", enfatizou o presidente dos EUA - Carlo Allegri/Reuters
"A democracia e a vontade do povo sempre prevalecerão", enfatizou o presidente dos EUA Imagem: Carlo Allegri/Reuters

11/11/2019 16h35

Washington, 11 Nov 2019 (AFP) - Na segunda-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, saudou a queda do líder esquerdista da Bolívia, Evo Morales, como um sinal para regimes "ilegítimos" e elogiou o papel dos militares.

"Esses eventos enviam um forte sinal aos regimes ilegítimos da Venezuela e da Nicarágua de que a democracia e a vontade do povo sempre prevalecerão", disse Trump, referindo-se a duas outras nações latino-americanas de esquerda que são alvo do governo Trump.

Internacional