Topo

Polícia de Burkina Faso anuncia morte de 18 jihdadistas

21/11/2019 05h59

Ouagadougou, Burkina Faso, 21 Nov 2019 (AFP) - Autoridades de Burkina Faso anunciaram nesta quinta-feira que 18 "terroristas" foram mortos quando tentaram atacar uma base policial na região norte do país, onde as forças de segurança tentam sufocar uma revolta jihadista.

"Os criminosos foram impedidos graças a uma resposta rápida", afirmou a polícia em um comunicado. A tentativa de ataque aconteceu na quarta-feira em Arbinda, província de Soum.

Um policial morreu e sete ficaram feridos, informa o comunicado.

Armas, motocicletas e equipamentos de GPS pertencentes aos jihadistas foram apreendidos no local.

O confronto aconteceu depois que o exército de Burkina Faso anunciou a morte de 32 "terroristas" na semana passada em duas operações na região norte do país.

As forças de segurança - mal equipadas, com treinamento deficiente e recursos insuficientes - não conseguem deter a violência jihadista, que aumentou em 2019.

Os ataques no país foram reivindicados por vários, incluindo Al-Qaeda e Estado Islâmico.

A região do Sahel, que também inclui Mali e Níger, é cenário de muita violência, apesar da presença da força regional G5 Sahel e de tropas dos Estados Unidos e França.

ab/pgf/plh/ecl/jah/ahg/fp

Notícias