Topo

Adolescente de 13 anos morre durante protesto no Chile

22/11/2019 20h16

Santiago, 22 Nov 2019 (AFP) - Um adolescente de 13 anos faleceu durante um protesto na cidade de Arica (norte), aumentando para 23 o número de mortos nas manifestações contra o governo que ocorrem há um mês no Chile, de acordo com dados oficiais divulgados nesta sexta-feira (22).

Segundo as forças de segurança, o menor morreu na quinta-feira, após ser atropelado por uma caminhonete quando estava num bloqueio formado por pneus em uma estrada que liga Arica (2.800 km ao norte de Santiago) ao resto do país.

O motorista, que foi detido após o atropelamento, lançou o veículo contra o bloqueio matando o garoto e ferindo uma segunda pessoa.

Na quinta-feira, foram registrados confrontos em Santiago e outras cidades, como Valparaíso, Arica, Antofagasta e Concepción, que deixaram também 128 feridos - incluindo civis e militares - e 767 detidos, de acordo com o Subsecretário do Interior.

Desde 18 de outubro, quando a começaram os protestos no Chile, 23 pessoas morreram, enquanto mais de 2.000 ficaram feridas. O balanço inclui mais de 200 pessoas que sofreram ferimentos graves nos olhos como resultado de disparos policiais.

msa/pb/dg/lca

Notícias