PUBLICIDADE
Topo

Mulher que teria recebido vídeos sexuais de político francês é detida

14.fev.2020 - Benjamin Griveaux anuncia sua saída da disputa pela prefeitura de Paris após o vazamento de um vídeo íntimo - Lionel Bonaventure/AFP
14.fev.2020 - Benjamin Griveaux anuncia sua saída da disputa pela prefeitura de Paris após o vazamento de um vídeo íntimo Imagem: Lionel Bonaventure/AFP

16/02/2020 08h35

A companheira do artista russo Piotr Pavlenski, que teria recebido os vídeos sexuais do político francês Benjamin Griveaux, foi detida e está sendo interrogada - informaram diferentes fontes neste domingo (16).

O vazamento dos vídeos levou a renunciar à candidatura à prefeitura de Paris.

A mulher foi detida no âmbito da investigação sobre "violação da intimidade da vida privada" e "difusão sem concordância da pessoa de imagens de caráter sexual" iniciada pela Justiça francesa, acrescentou o Ministério Público de Paris.

Piotr Pavlenski foi detido no sábado, em uma investigação por "violência com armas".

Internacional