PUBLICIDADE
Topo

Mais 52 casos do novo coronavírus são registrados na Coreia do Sul

21/02/2020 00h00

Seul, 21 Fev 2020 (AFP) - As autoridades sul-coreanas anunciaram nesta sexta-feira (noite de quinta-feira no Brasil) que foram diagnosticados 52 novos casos da doença COVID-19, o que eleva para 156 o número de pacientes que deram positivo para o novo coronavírus no país.

Desse total de infectados, 39 dos novos casos estão ligados à "Igreja de Jesus Shincheonji", localizada na cidade de Daegu, a quarta maior da Coreia do Sul, com mais de 2,5 milhões de habitantes, informou o Centro Coreano de Controle e prevenção de doenças.

No total, mais de 80 fiéis desta igreja foram infectados.

Uma mulher de 61 anos, membro desta seita cristã e que não sabia que havia contraído pneumonia viral, transmitiu o vírus para as outras pessoas enquanto participava de cultos religiosos.

O prefeito da cidade pediu à população que evitasse sair de casa.

Por sua vez, o comando da guarnição do exército dos Estados Unidos posicionado nesta cidade, onde cerca de 10.000 soldados, civis e familiares vivem e trabalham, restringiu o acesso à base.

Na sexta-feira, era possível ver vários habitantes da cidade usando máscaras.

O Centro Coreano de Controle e Prevenção de Doenças relatou outro caso confirmado em um hospital no condado de Cheongdo, perto de Daegu, elevando para 16 o número de pessoas infectadas, incluindo pacientes e equipe médica, nesta unidade.

Depois do foco de infeção registrado no navio de cruzeiro "Diamond Princess" no Japão, a Coreia do Sul é o país com o maior número de casos da doença fora da China.

cdl/slb/cn/ybl/erl/lca

Notícias