PUBLICIDADE
Topo

EUA pede a cidadãos americanos que evitem viagens à Itália por coronavírus

28/02/2020 22h18

Washington, 29 Fev 2020 (AFP) - Os Estados Unidos advertiram nesta sexta-feira seus cidadãos para que evitem qualquer viagem não essencial à Itália, o país mais afetado pelo novo coronavírus na Europa e um destino importante para os turistas americanos.

O Centro para o Controle de Enfermidades (CDC) "recomenda que os viajantes evitem qualquer viagem não essencial à Itália" e destaca que "há um acesso limitado à atenção médica adequada nas áreas afetadas".

O departamento de Estado também pediu aos americanos que "reconsiderem suas viagens à Itália devido ao surto recente de COVID-19", destacando que existe uma "propagação comunitária firme".

A Itália já registrou 650 casos do novo coronavírus e 17 mortes, todas de idosos que já sofriam de outros problemas de saúde.

Ao menos 5,6 milhões de americanos visitaram a Itália em 2018, o que foi superado apenas pelos turistas alemães, segundo estatísticas italianas.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na quarta-feira que não descarta restrições a entrada de cidadãos italianos nos EUA.

Washington já adota a proibição da entrada de estrangeiros que viajaram à China nas últimas duas semanas.

sct/ad/lr

Notícias