PUBLICIDADE
Topo

Libertados na Líbia dos engenheiros sequestrados em 2018

30/03/2020 19h13

Trípoli, 30 Mar 2020 (AFP) - A Companhia Líbia de Petróleo (NOC) anunciou nesta segunda-feira (30) a libertação de dois de seus funcionários, um deles de nacionalidade romena, sequestrados em julho de 2018 em um campo de petróleo do sul do país, mergulhado no caos.

Em um comunicado publicado em sua página na internet, a NOC anunciou a "libertação de Ashraf Msallam e de Valentin-Laurentiu Puscasu", sem dar maiores detalhes sobre seu sequestro, nem sua libertação.

Os dois engenheiros foram sequestrados juntamente com dois líbios em 14 de julho de 2018 por um grupo armado no campo de Al Sharara, na região de Ubari, 900 km ao sul de Trípoli.Os líbios foram libertados logo depois.

Após a queda do regime de Muammar Kadhafi, em 2011, a Líbia mergulhou no caos e os trabalhadores estrangeiros e as representações diplomáticas são alvo frequente de ataques e sequestros por parte de milícias ou grupos jihadistas.

As estruturas petroleiras também costumam ser atacadas por grupos armados.

O país, que dispõe das reservas de petróleo mais abundantes da África, é governado por duas autoridades que disputam o poder: o governo de acordo nacional (GNA), reconhecido pela ONU e sediado em Trípoli, e outro, liderado pelo marechal Khalifa Haftar, que controla o leste do país.

nd-rb/ila/mdz/jvb/bl/mvv