PUBLICIDADE
Topo

Trump diz agora que não é certo comparar Covid-19 com gripe comum

31/03/2020 23h08

Washington, 1 Abr 2020 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira que o risco do novo coronavírus é claramente pior do que o da gripe comum, contrariando todas as declarações anteriores.

Trump declarou em entrevista coletiva na Casa Branca que "muitas pessoas" haviam sugerido anteriormente que o país deveria deixar o novo coronavírus seguir seu curso, assim como a gripe sazonal.

"Resista, não faça nada, apenas resista e pense que é a gripe", disseram, de acordo com Trump, que agora considera: "Mas não é gripe. É algo cruel".

Essas declarações do presidente contrastam com as inúmeras vezes em que ele argumentou recentemente que a pandemia era comparável à propagação anual da gripe.

Trump questionou a necessidade de fechar a economia dos Estados Unidos através de medidas de distanciamento social e proibições de viagens.

Em 9 de março, por exemplo, ele observou que dezenas de milhares de americanos morrem de gripe anualmente e, há apenas uma semana, disse à Fox News que, apesar da morte de uma média de 36.000 pessoas por ano, "nunca se fechou o país por causa da gripe".

A Casa Branca estima que a doença matará de 100.000 a 240.000 pessoas se as restrições atuais forem cumpridas, em comparação com as 1,5 a 2,2 milhões de mortes que ocorreriam se nenhuma ação fosse tomada.

Segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins, foram registrados mais de 184.000 casos de contaminação por Covid-19 e mais de 3.700 mortes nos Estados Unidos.

sms/bgs/llu/dg/lca