PUBLICIDADE
Topo

Catedral de Nova York será usada como hospital de campanha

07/04/2020 06h23

Nova York, 7 Abr 2020 (AFP) - Uma enorme catedral do centro de Nova York está sendo transformada em hospital de campanha, no momento em que a cidade é duramente afetada pelo novo coronavírus, informou um líder religioso ao jornal New York Times.

A catedral 'St. John the Divine', em Manhattan, abrigará nove barracas médicas com temperatura controlada em sua longa nave e sua cripta subterrânea, informou o reitor da catedral, Clifton Daniel.

"Tradicionalmente, ao longo dos séculos, as catedrais sempre foram utilizadas desta maneira, como durante a peste. Então, isto não está fora da experiência deu, catedral, é novidade apenas para nós", declarou.

O hospital de campanha pode começar a receber pacientes de COVID-19 em uma semana.

Os hospitais de Nova York, epicentro da epidemia nos Estados Unidos com quase 3.500 mortos, começam a entrar em colapso. A cidade mais densa do país tem mais de 72.000 pessoas infectadas.

Estados Unidos superaram na segunda-feira a barreira de 10.000 mortes provocadas pelo coronavírus e as autoridades nacionais esperam uma situação pior nas próximas semanas. A maior potência econômica do planeta registra mais de 360.000 infectados, mais de 25% do total global de 1.309.439 casos, informou a Universidade Johns Hopkins, responsável pelo balanço no país.

bgs/ybl/ob/rsr/fp

Notícias