PUBLICIDADE
Topo

Pelo menos um morto e seis desaparecidos em naufrágio de imigrantes na Tunísia

23/05/2020 20h56

Tunes, 23 Mai 2020 (AFP) - Um barco que transportava imigrantes ilegais da Tunísia para a Itália afundou neste sábado (23), matando uma pessoa, disseram autoridades tunisinas, acrescentando que outras seis estão desaparecidas.

O naufrágio ocorreu na manhã de sábado, a 1,6 km de Thyna, perto da cidade portuária de Sfax (centro-leste), disse à AFP Moez Triaa, porta-voz da proteção civil.

Vinte tunisianos estavam na embarcação, que seguia para a Itália, afirmou a autoridade.

Um corpo foi encontrado e a guarda nacional resgatou 11 passageiros, enquanto mergulhadores da proteção civil e um barco da Guarda Costeira da Tunísia estão procurando outras seis pessoas, acrescentou a fonte.

Triaa afirmou que outros dois passageiros fugiram, sem dar mais detalhes.

A guarda nacional deteve 223 imigrantes ilegais nos últimos dias, incluindo 94 africanos subsaarianos, disse o porta-voz Housemeddine Jebabli à rádio tunisiana Mosaïque.

Essas prisões sugerem que as travessias clandestinas no Mediterrâneo foram retomadas, graças às boas situação condições climáticas e de saúde na Itália, um país gravemente afetado pela nova pandemia de coronavírus.

Todos os anos, milhares de jovens tunisianos, desesperados pelo desemprego e pela falta de perspectivas, correm o risco de atravessar o Mediterrâneo ilegalmente.

Os africanos subsaarianos, que vieram da Líbia, também tentam a sorte na costa da Tunísia.

O número de imigrantes ilegais que tentam chegar à Europa diminuiu 85% em abril em comparação com o mês anterior, anunciou a agência europeia de controle de fronteiras Frontex em meados de maio, atribuindo a queda principalmente à pandemia.

cnp/all/erl/lp/lca