PUBLICIDADE
Topo

Ataques no noroeste da Nigéria deixam 60 mortos

28/05/2020 11h16

Kano, Nigéria, 28 Mai 2020 (AFP) - Pelo menos 60 pessoas morreram em ataques coordenados em povoados do estado de Sokoto, no noroeste da Nigéria, realizados por grupos armados - disseram fontes médicas e locais à AFP nesta quinta-feira (28).

"Sessenta cadáveres foram levados para o hospital desde a noite passada", relatou uma enfermeira do Hospital Geral de Sabon Birni na quarta-feira, acrescentando que a instituição também recebeu "várias pessoas baleadas".

"Todos foram mortos a tiros, a maioria na cabeça, deixando poucas chances de sobrevivência", disse um de seus colegas à AFP, pedindo para não ser identificado.

Dezenas de homens armados chegaram de moto a várias aldeias no distrito de Sabon Birni e abriram fogo, por volta das 20h locais (16h em Brasília), nas casas onde vivem pequenos agricultores e pecuaristas, afirmou um líder local.

"Os bandidos mataram 16 pessoas em Garki, 13 em Dan Aduwa, 22 em Kuzari, 7 em Katuma e 2 em Masawa. São 60 pessoas", completou, também sob condição do anonimato, por medo de represálias por parte das autoridades.

Situada a 175 quilômetros da capital do estado, Sokoto, Sabon Birni já foi alvo de inúmeros ataques. Na segunda-feira, 18 pessoas também foram mortas em ataques coordenados em outras cinco aldeias do distrito, de acordo com fontes locais.

abu/spb/jhd/mab/pc/tt

Notícias