PUBLICIDADE
Topo

Governo britânico autoriza retomada de competições esportivas

30/05/2020 14h46

Londres, 30 Mai 2020 (AFP) - O governo britânico autorizou a retomada das competições esportivas no país, mas com portões fechados, a partir de 1º de junho, anunciou o ministro da Cultura, Mídia e Esporte, Oliver Dowden, neste sábado (30).

"A espera acabou. O esporte britânico voltará logo em condições seguras e com controles rigorosos", declarou Downden em coletiva de imprensa para anunciar a volta das competições esportivas, suspensas desde meados de março devido à pandemia do coronavírus.

O primeiro esporte a voltar a competir será o hipismo, com o primeiro 'Classic' da temporada de corridas de cavalos em Newcastle, seguido pelo Grande Prêmio das 2.000 Guinés em Newmarket, em 6 de junho.

O reinício da Premier League de futebol está previsto para 17 de junho com dois jogos que haviam sido adiados devido à disputa da final da Copa da Liga inglesa em 1º de março entre Manchester City e Aston Villa, que enfrentarão Arsenal e Sheffield United, respectivamente.

- Premier League volta em 17 de junho -No fim de semana seguinte, entre a sexta-feira 19 e a segunda-feira 22 de junho, será disputada a primeira das nove rodadas que restam para concluir a Premier League.

Esta decisão corresponde à terceira fase do protocolo de atuação elaborado pelas autoridades sanitárias e esportivas.

Na segunda fase do relaxamento das medidas de confinamento, que entrou em vigor na última segunda-feira, foi autorizada a volta aos treinos com contato.

Com a iminente volta do esporte britânico, Dowden afirmou aos jornalistas: "Fico feliz em anunciar hoje que o governo publicou o protocolo que permite a volta do esporte com portões fechados a partir de segunda-feira (1º de junho)".

No caso dos esportes individuais, Dowden pediu às entidades responsáveis por cada modalidade que avaliem os riscos elas mesmas, já que são "as que conhecem melhor seus esportes".

Além da obrigatoriedade de promover eventos sem público, os organizadores deverão cumprir outros requisitos: todas as pessoas que entrarem nas instalações esportivas deverão ser controladas e isoladas de quem for suspeito de estar infectado pela COVID-19.

Também serão estabelecidas vias de circulação nos estádios a à beira do campo. Será pedido aos atletas que mantenham certa distância um dos outros quando possível, como no banco de reservas ou no momento de comemorar um gol.

O uso dos vestiários terá fortes restrições, embora os atletas terão o direito de tomar banho.

O diretor-executivo da Premier League, Richard Masters, comemorou o anúncio do governo, mas alertou: "Decidimos provisoriamente retomar a Premier League em 17 de junho, mas ainda temos muito a fazer para garantir a segurança de todos os envolvidos".

"Se tudo ocorrer bem, ficaremos encantados em retomar a temporada 2019/2020 em pouco mais de duas semanas", completou Masters, que admitiu seguir negociando com jogadores e técnicos, alguns dos quais veem com receio a volta do futebol.

jdg/av/cha/mcd/am

Notícias