PUBLICIDADE
Topo

Banco Central da Venezuela apelará contra decisão da justiça britânica sobre o ouro

02/07/2020 06h48

Londres, 2 Jul 2020 (AFP) - A direção do Banco Central da Venezuela, presidida por Calixto Ortega, apelará contra a decisão de um juiz britânico que reconheceu Juan Guaidó como "presidente interino" do país, o que impede o acesso do governo Nicolás Maduro a 30 toneladas de ouro, anunciaram os advogados.

"O Banco Central da Venezuela pedirá permissão ao tribunal para apelar esta sentença, por considerar que ignora por completo a realidade da situação no terreno", afirmou o advogado Sarosh Zaiwalla em um comunicado.

acc/mar/fp