PUBLICIDADE
Topo

Segundo ministro boliviano testa positivo para COVID-19 em dois dias

04/07/2020 17h54

La Paz, 4 Jul 2020 (AFP) - O ministro de Minas da Bolívia, Jorge Fernando Oropeza, testou positivo para o coronavírus, informou a presidente interina, Jeanine Áñez, neste sábado(04).

Oropeza é o segundo ministro infectado em apenas dois dias.

Na quinta-feira, foi anunciado que o ministro da Presidência, Yerko Núñez, havia contraído COVID-19.

A presidente Áñez expressou no Twitter sua "solidariedade" a Oropeza, "que infelizmente testou positivo" para coronavírus.

"Eu tenho você em minhas orações", escreveu ao ministro a presidente, que pratica a religião cristã.

O ministro de Governo (Interior), Arturo Murillo, disse na sexta-feira após a infecção de Núñez: "Se não me engano, são sete ministros que contraíram COVID", mas não revelou a identidade dos outros infectados.

Desde o início da pandemia em março, o governo informou apenas que vários ministros cumpriram uma quarentena de 14 dias por segurança, porque casos de coronavírus foram detectados entre familiares e colaboradores.

Os ministros foram Luis Fernando López (Defesa), María Elena Pinckert (Meio Ambiente), Wilfredo Rojo (Desenvolvimento Produtivo), Víctor Hugo Cárdenas (Educação) e Víctor Hugo Zamora (Hidrocarbonetos).

Segundo a ministra da Saúde, Eidy Roca, os ministros estão expostos ao contágio porque estão permanentemente "se deslocando para diferentes regiões do país, garantindo a entrega de ajuda humanitária às famílias".

A Bolívia, de 11 milhões de habitantes, registrou até este sábado 36.818 casos de coronavírus, 1.320 mortos e 10.766 recuperados.

rb/gma/jc