PUBLICIDADE
Topo

Oposição da Nova Zelândia anuncia candidata para enfrentar Jacinda Ardern

15/07/2020 05h59

Wellington, 15 Jul 2020 (AFP) - A oposição da Nova Zelândia designou uma mulher, Judith Collins, como líder do partido conservador para as eleições legislativas de setembro, nas quais enfrentará a primeira-ministra Jacinda Ardern.

Collins, que é chamada de "a trituradora", foi eleita na terça-feira à noite em uma votação do Partido Nacional, poucas horas depois da surpreendente renúncia de seu antecessor, Todd Muller.

Collins, 61 anos, é conhecida por ter sido ministra da Polícia no governo do primeiro-ministro John Key.

Ela recebeu o apelido de "trituradora Collins" quando conseguiu a aprovação de uma lei que autorizava a polícia a confiscar e destruir os carros das pessoas que participam em corridas ilegais.

"Espero que o Partido Nacional possa triturar o outro campo no dia 19 de setembro", disse Collins, em referência a seu apelido.

Collins é a quarta líder do Partido Nacional desde as eleições de 2017.

Ela tem mais experiência política que seus antecessores e foi deputada no Parlamento pela primeira vez em 2002.

ns/dm/leg/jah/juf/ob/pc/zm/fp