PUBLICIDADE
Topo

Deputados britânicos pedem sanções contra dirigentes de Hong Kong

04/08/2020 13h13

Londres, 4 Ago 2020 (AFP) - Uma comissão parlamentar britânica defendeu, nesta terça-feira, sanções contra a chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, e o chefe de polícia pelo uso excessivo da força contra médicos e enfermeiros durante os protestos de 2019.

A investigação do grupo parlamentar chamado All-Party Parliamentary Group (APPG) considera que as autoridades da ex-colônia britânica não garantiram a proteção dos trabalhadores durante os protestos pró-democracia.

Essa proteção é garantida pelo direito internacional e pela Declaração Conjunta Sino-Britânica de 1984.

O relatório menciona ações de "intimidação, assédio, ameaças, violência física e detenções" e insta o Reino Unido a aplicar sanções contra a chefe do Executivo e o chefe de polícia, entre outros.

spe/gmo/pc/mb/mr