PUBLICIDADE
Topo

WSJ: EUA apreendem gasolina iraniana destinada à Venezuela

14/08/2020 06h38

Washington, 14 Ago 2020 (AFP) - O governo dos Estados Unidos apreendeu quatro navios supostamente carregados com gasolina iraniana com destino à Venezuela, informa o Wall Street Journal.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos emitiu no mês passado uma ordem para apreender a carga dos navios "Bella", "Bering", "Pandi" e "Luna", vinculando as embarcações à Guarda Revolucionária do Irã, que Washington considera um grupo terrorista.

Os quatro navios foram interceptados no mar e agora estão em deslocamento para Houston, Texas, afirma o jornal, que citou fontes do governo americano.

A ação da justiça americana afirma que o empresário iraniano Mahmud Madanipur, que supostamente tem vínculos com a Guarda Revolucionária, organizou envios para a Venezuela utilizando empresas de fachada offshore e transferências de navio a navio para evitar as sanções contra Teerã.

O embaixador do Irã na Venezuela afirmou que as informações de que petroleiros iranianos foram capturados são "outra mentira e guerra psicológica" dos Estados Unidos.

"Os navios não são iranianos, o dono e sua bandeira não têm nenhuma relação com o Irã", indicou Hojat Soltani no Twitter.

A Venezuela é muito dependente da receita do petróleo, mas a produção do país caiu a aproximadamente 25% de sua capacidade na comparação com 2008 e a economia do país foi devastada por seis anos de recessão.

As sanções de Washington contra o governo do presidente Nicolás Maduro obrigaram a Venezuela, que refinava petróleo suficiente para as próprias necessidades, a recorrer a aliados como o Irã para aliviar a escassez de gasolina.

O Irã enviou várias embarcações com gasolina este ano à Venezuela para ajudar o país a enfrentar a escassez.

bur-mtp/dan/mis/mar/fp