PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Controlado incêndio florestal perto de parque arqueológico de Cusco, no Peru

O incêndio começou na tarde da quinta-feira perto do Parque Arqueológico de Sacsayhuamán, no norte de Cusco - Paolo Aguilar/Arquivo/EFE
O incêndio começou na tarde da quinta-feira perto do Parque Arqueológico de Sacsayhuamán, no norte de Cusco Imagem: Paolo Aguilar/Arquivo/EFE

09/10/2020 16h06

Um incêndio florestal que surgiu próximo ao Parque Arqueológico de Sacsayhuamán, próximo à cidade peruana andina de Cusco, foi controlado nesta sexta-feira (9) sem deixar vítimas ou causar danos ao patrimônio, informou a Defesa Civil.

O ministro da Cultura, Alejandro Neyra, que visitou o local do incêndio que teve início na tarde da quinta-feira, confirmou que o patrimônio arqueológico não foi danificado.

"Pudemos visitar a área de Sacsayhuamán, Tambomachay e Puka Pukara, verificando que o patrimônio arqueológico não foi afetado. Os bombeiros e voluntários trabalharam toda a noite e cedo pela manhã para controlar o incêndio", explicou Neyra à imprensa.

O incêndio começou na tarde da quinta-feira perto do Parque Arqueológico de Sacsayhuamán, no norte de Cusco, antiga capital do império Inca.

De acordo com a mídia da cidade, situada a 600 km a sudeste de Lima, o incêndio foi provocado por queimadas agrícolas que após um forte vento ficaram fora de controle.

Bombeiros voluntários, policiais e autoridades locais trabalharam para controlar as chamas, que até a noite da quinta-feira havia destruído cerca de 100 hectares de florestas e pastagens, segundo a Defesa Civil.

Em 13 de setembro, um incêndio florestal em uma área próxima à cidadela inca de Machu Picchu também foi controlado sem quaisquer vítimas ou danos ao patrimônio.

Cusco é um dos principais destinos turísticos do Peru por causa do seu patrimônio arqueológico e sua proximidade com Machu Picchu, que está fechada desde março por causa da pandemia.

Internacional