PUBLICIDADE
Topo

Ataques na Faixa de Gaza após descoberta por Israel de túnel subterrâneo

20/10/2020 19h37

Jerusalém, 20 Out 2020 (AFP) - O Exército israelense bombardeou na noite desta terça-feira a Faixa de Gaza em resposta ao lançamento de um míssil, horas depois de ter descoberto um túnel subterrâneo conectando o enclave palestino ao território israelense.

"Um projétil foi lançado esta noite da Faixa de Gaza em direção ao território de Israel. Em resposta, aviões de combate e um helicóptero bombardearam uma instalação subterrânea da organização terrorista Hamas no sul da Faixa de Gaza", assinalou o Exército israelense em comunicado.

Segundo fontes das forças de segurança palestinas, tropas de Israel realizaram dois bombardeios, em Khan Younis e Deir al-Balah, contra posições do movimento islamita Hamas.

O Exército israelense havia anunciado esta tarde a descoberta de um túnel escavado em Gaza que desemboca em Israel. "O túnel, com várias dezenas de metros, foi escavado de Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza", informou Jonathan Conricus, porta-voz militar.

O túnel foi detectado em uma zona do território israelense por um sistema de sensores subterrâneos instalados perto da cerca de segurança construída por Israel e que o separa de Gaza.

Conricus disse que o túnel não cruzou a barreira e não representava risco para as localidades israelenses. "É uma violação da soberania israelense", afirmou o porta-voz, que disse responsabilizar o movimento islamita Hamas "de toda atividade procedente da Faixa de Gaza".

O enclave palestino é governado desde 2007 pelo Hamas, inimigo de Israel. Desde então, Israel impôs um bloqueio estrito ao território palestino. Desde 2007, Hamas e Israel travaram três guerras e são frequentes as trocas de tiros.

alv/awa/mis/eb/mvv/lb