PUBLICIDADE
Topo

Eleições Americanas

Obama fará comício 'drive-in' para Biden na Filadélfia

Joe Biden foi vice-presidente de Barack Obama por oito anos e senador pelo estado de Delaware por 36 - Getty Images
Joe Biden foi vice-presidente de Barack Obama por oito anos e senador pelo estado de Delaware por 36 Imagem: Getty Images

20/10/2020 17h07

Washington, 20 Out 2020 (AFP) - A primeira aparição do ex-presidente Barack Obama na campanha eleitoral de seu ex-vice e atual aspirante à Casa Branca, Joe Biden, será um comício "drive-in" na quarta-feira na Filadélfia, anunciou a campanha democrata.

A Filadélfia, com 1,58 milhão de habitantes, é a maior cidade da Pensilvânia, estado-chave para vencer as eleições de 3 de novembro, nas quais Biden desafia o presidente republicano Donald Trump.

Obama, de 59 anos, "fará um comício drive-in e incentivará os moradores da Pensilvânia a fazer planos para votar antecipadamente", anunciou a campanha de Biden em um comunicado.

Os democratas têm incentivado os americanos a optarem por esta modalidade de voto nos estados que o permitem, devido à pandemia de covid-19 e ao risco de formação de longas filas no dia das eleições.

Segundo a organização independente Elections Project, 34 milhões de americanos já votaram antecipadamente.

Enquanto Trump, de 74 anos, celebra grandes eventos de campanha em todo o país, Biden, de 77, tem optado por atos menores, devido à crise sanitária.

Os comícios "drive-in", nos quais os participantes permanecem dentro de seus carros, se tornaram uma marca da campanha de Biden.

Trump venceu por uma estreita margem na Pensilvânia em 2016, mas agora está atrás de Biden por 3,8 pontos percentuais neste estado, segundo uma média de pesquisas estaduais do site RealClearPolitics.

Obama se manteve à margem da campanha eleitoral nas primárias democratas, mas apoiou seu ex-vice-presidente nos oito anos de seu mandato depois que ele obteve a indicação do partido.

Durante a convenção nacional do partido, em agosto, Obama chamou os eleitores a apoiar Biden. "Nossa democracia" está em jogo, advertiu.

Biden "fez de mim um presidente melhor", afirmou Obama. "Tem o caráter e a experiência para fazer de nós um país melhor".

Eleições Americanas