PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Alemanha endurece e prolonga até meados de fevereiro medidas contra covid-19

Alemanha endurece e prolonga até meados de fevereiro medidas contra covid-19 - EFE/EPA/OMER MESSINGER
Alemanha endurece e prolonga até meados de fevereiro medidas contra covid-19 Imagem: EFE/EPA/OMER MESSINGER

19/01/2021 19h15

Os moradores da Alemanha devem usar máscara cirúrgica no transporte e nas lojas, anunciou a chanceler alemã, Angela Merkel, nesta terça-feira (19), endurecendo assim as medidas de combate à covid-19, prolongadas até 14 de fevereiro.

Todas as limitações atuais, como o fechamento de escolas, bares, restaurantes e espaços culturais, "valerão até 14 de fevereiro de 2021", anunciou Merkel após quase oito horas de negociação com líderes regionais.

Outra das novas medidas anunciadas é a obrigatoriedade das empresas privilegiarem o teletrabalho para os funcionários até, pelo menos, 15 de março, de forma a reduzir o afluxo nos transportes públicos.

"As duras restrições que as pessoas respeitam estão começando a dar frutos", comemorou a chanceler, que defendeu a tomada de ações rápidas para combater as novas mutações do vírus que assustam a Europa.

A líder do governo alemão não excluiu, nesse sentido, o fechamento das fronteiras de seu país com seus parceiros da União Europeia (UE), se estes não tomarem medidas para conter as novas cepas do vírus.

"Se os países devem seguir outros caminhos vamos reintroduzir os controles de fronteira. Não queremos isso, queremos chegar a um acordo com nossos parceiros", acrescentou Merkel.

Durante as negociações, que debateram principalmente a possibilidade de reabertura de escolas e creches, fechadas desde meados de dezembro, a ideia de impor o toque de recolher noturno, aplicado por países como França ou Espanha, foi rejeitada.

Coronavírus