PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Alerta de bomba em fábrica de vacinas contra a covid-19 no Reino Unido

27/01/2021 14h40

Londres, 27 Jan 2021 (AFP) - A produção das vacinas da AstraZeneca/Oxford contra a covid-19 foi interrompida nesta quarta-feira (27) em uma fábrica do norte de Gales devido a uma ameaça de bomba, informou o grupo farmacêutico Wockhardt.

Todos os funcionários da fábrica de Wrexham, onde trabalham cerca de 400 pessoas, foram evacuados após o recebimento de um "pacote suspeito" nesta manhã, informou uma porta-voz do grupo.

"Toda a produção foi interrompida no local enquanto acontece a investigação", acrescentou.

No entanto, destacou que "algumas poucas horas (de interrupção) não vão gerar uma grande diferença em termos de produção", que se desenvolve a "um ritmo constante" para fornecer as 100 milhões de doses encomendadas pelo governo britânico.

A polícia local informou horas antes sobre um "incidente" em andamento neste parque industrial do norte de Gales, onde está a fábrica de embalagem de vacinas da AstraZeneca/Oxford.

"As estradas estão fechadas e pedimos ao público que evite a região até novo aviso", acrescentou.

A polícia recebeu a ajuda de um esquadrão de bombas do exército, informou o ministério da Defesa, e foi enviado um robô de neutralização de artefatos explosivos, segundo a imprensa local.

Downing Street está sendo regularmente informado da situação, disse um porta-voz do primeiro-ministro Boris Johnson.

O primeiro-ministro, cujo governo lançou um programa de vacinação em massa contra o coronavírus, visitou a fábrica em novembro, posando para os fotógrafos com frascos da vacina da AstraZeneca antes de receber a autorização regulamentar das autoridades de saúde britânicas.

mpa-acc/mb/aa

ASTRAZENECA

Twitter

Saúde