PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Papa pede que cristãos participem na vida pública iraquiana

05/03/2021 10h40

Bagdá, 5 Mar 2021 (AFP) - O papa Francisco defendeu, nesta sexta-feira (5), perante as autoridades iraquianas que "ninguém seja considerado cidadão de segunda classe" em um país muçulmano, onde os cristãos representam agora apenas 1% de seus 40 milhões de habitantes.

"É fundamental garantir a participação de todos os grupos políticos, sociais e religiosos e garantir os direitos fundamentais dos cidadãos", acrescentou o pontífice argentino.

tjc/eg/mr