PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Canadá suspende por um mês voos diretos de Índia e Paquistão por covid

22/04/2021 20h24

Ottawa, 22 Abr 2021 (AFP) - O Canadá suspendeu nesta quinta-feira (22) todos os voos de passageiros procedentes de Índia e Paquistão por 30 dias, anunciou o ministro dos Transportes, Omar Alghabra, alegando o aumento dos casos de covid-19, detectado em viajantes vindos destes países.

A medida, que não se aplica aos voos de carga, entrará em vigor na sexta-feira às 03H30 GMT (00h30 de Brasília).

"Em vista do maior número de casos de covid-19 detectados em passageiros aéreos que chegam ao Canadá procedentes de Índia e Paquistão, vou suspender todos os voos comerciais e privados de passageiros que chegarem ao Canadá procedentes da Índia e do Paquistão durante 30 dias", declarou Alghabra em coletiva de imprensa.

Dezenas de casos da variante da covid, inicialmente encontrada na Índia, foram identificados até hoje no Canadá, segundo a imprensa.

Na tarde desta quinta-feira, à medida que aumentavam as preocupações pela propagação das variantes indiana e brasileira, os parlamentares aumentaram a pressão sobre o governo do premier Justin Trudeau para que endurecesse as restrições fronteiriças.

O Parlamento aprovou por unanimidade uma moção que pede a Ottawa que "suspenda imediatamente os voos de passageiros não essenciais com altas taxas de surtos de variantes da covid-19, incluindo Índia e Brasil".

Vários países adotaram medidas para evitar um agravamento da pandemia devido à nova variante.

Os Emirados Árabes Unidos anunciaram nesta quinta que vão suspender todos os voos procedentes da Índia.

Esta semana, o governo do Reino Unido também proibiu a entrada de viajantes procedentes da Índia.

A França, por sua vez, anunciou que estes passageiros estão sujeitos ao isolamento obrigatório por dez dias em sua chegada ao país.

Estas medidas reforçam as restrições de viagem do Canadá, que estão "entre as mais estritas do mundo", segundo Alghabra.

Os viajantes que chegarem ao Canadá, candenses ou não, são sujeitos a uma quarentena obrigatória de 14 dias para evitar a propagação da covid.

Também devem apresentar um exame de covid negativo para poder voltar ao Canadá e em seguida devem fazer um exame PCR obrigatório ao chegar ao país.

Ottawa exige que os viajantes passem três dias em hotéis por sua conta enquanto aguardam o resultado.

amc/ft/mps/lda/dg/mps/mvv