PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

China suspende expedições ao Everest por covid-19

15/05/2021 10h40

Pequim, 15 Mai 2021 (AFP) - A China suspendeu as expedições ao Everest a partir do seu território para evitar qualquer risco de contaminação por covid-19 por montanhistas do Nepal, de acordo com a mídia estatal.

A China, o primeiro país a ser atingido pela pandemia no final de 2019, conseguiu controlar a doença, mas teme infecções do exterior.

Suas fronteiras estão praticamente fechadas desde março de 2020, e o país agora teme os riscos representados pelo Everest, que a China divide com o Nepal a 8.848 metros.

O Nepal, vizinho da Índia, é duramente atingido por uma segunda onda epidêmica, mas tenta reativar seu turismo após uma temporada de 2020 cancelada pela pandemia.

Dada a situação sanitária, "todas as atividades de ascensão (ao Everest) foram canceladas", disse a agência oficial chinesa Xinhua na sexta-feira, que não informou o horário em que essa medida entrará em vigor.

No início da semana, a China anunciou a instalação de uma "linha de demarcação" no cume do Everest para se proteger do coronavírus. Mas as autoridades não detalharam como planejavam marcar seu território em um lugar muito pequeno, onde cabem apenas alguns alpinistas ao mesmo tempo.

sbr/lb/me/bl/mr