PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Milhares protestam contra união de pessoas do mesmo sexo na Lituânia

15/05/2021 19h49

Vilnius, 15 Mai 2021 (AFP) - Milhares de pessoas se reuniram neste sábado (15) em Vilnius, na Lituânia, para protestar contra uma proposta legislativa que visa autorizar a união civil de casais do mesmo sexo.

O deputado Tomas Vytautas Raskevicius, abertamente homossexual, está por trás do projeto, que o Parlamento vai examinar no início do próximo mês.

Segundo a polícia, cerca de 10 mil pessoas compareceram à manifestação, chamada de "marcha de defesa da família".

O presidente da Lituânia, Gitanas Nauseda (centro), declarou neste sábado que qualquer reconhecimento legal de casais do mesmo sexo deve ser feito de acordo com a Constituição, que define o casamento como a união entre um homem e uma mulher.

Os manifestantes acreditam que as uniões homossexuais seriam uma ameaça aos valores tradicionais da família.

Uma pesquisa de 2019 do Eurobarómetro revelou que 70% dos lituanos ouvidos eram contra o reconhecimento legal de uniões do mesmo sexo.

O novo projeto busca conceder aos casais LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transsexuais) direitos de herança e propriedade conjunta de bens, garantias processuais e a possibilidade de mudança de sobrenome, mas não o direito de adoção, segundo a imprensa local.

"Isso não é aceitável para mim, meus filhos ou netos", declarou à AFP Alfredas, um manifestante de 55 anos que preferiu não revelar seu sobrenome.

A questão gera divergências na coalizão governamental liderada pelos conservadores, mas pode angariar apoio suficiente entre os aliados liberais e a oposição social-democrata.

saj/mas/sw/lpt/jvb/yow/ic