PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Líder birmanesa deposta Aung San Suu Kyi é indiciada por corrupção (imprensa oficial)

10/06/2021 00h51

Yangon, 10 Jun 2021 (AFP) - A ex-líder birmanesa Aung San Suu Kyi, deposta por um golpe militar, foi indiciada por corrupção, informou o jornal oficial The Global New Light de Mianmar nesta quinta-feira (10).

A ex-chefe do governo civil é acusada de ter recebido "600.000 dólares e vários quilos de ouro" em subornos e de ter usado alguns terrenos de forma abusiva. Suu Kyi também responde a outras seis acusações, que vão desde posse ilegal de rádios comunicadores até violação de uma lei de segredos de estado.

bur-sde/roc/am