PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
3 meses

Rei da Holanda volta a ignorar distância social anticovid

18/06/2021 12h30

Haia, 18 Jun 2021 (AFP) - Em visita à mais bela "rua laranja" do país na quinta-feira (17), decorada com as cores da seleção nacional e a todo vapor antes da partida da Eurocopa entre Holanda e Áustria, o rei Willem-Alexander saudou súditos e não respeitou medidas anticovid.

Esse novo "esquecimento" se soma a uma série de erros cometidos pelo monarca holandês durante os períodos de restrições da pandemia no país, que afetaram sua popularidade.

Em uma visita ontem à rua Marktweg, em Haia, escolhida "a rua laranja mais bonita" da Holanda, o soberano não respeitou as normas sanitárias em vigor e apertou a mão dos presentes.

Willem-Alexander "lamenta terrivelmente" não ter respeitado a distância social, disse o primeiro-ministro Mark Rutte à agência de notícias holandesa ANP nesta sexta-feira (18).

Rutte alegou que a rua se encheu de gente rapidamente, o que impediu o rei de manter o espaço necessário.

Que o rei dê a mão "não é bom, mas chega um momento em que isso é insuportável, vocês sabem", acrescentou.

Em agosto passado, uma imagem do monarca amplamente compartilhada nas redes sociais causou grande polêmica.

Nele, o rei e sua esposa, rainha Máxima, apareciam posando com o dono de um restaurante na ilha grega de Milos, dentro de um espaço fechado, sem respeitar a distância social e sem máscara (duas medidas em vigor na Holanda).

O pior, segundo os observadores, foi quando a família real voltou para a Grécia para passar as férias de outubro, enquanto seu país estava sob confinamento parcial. O casal real pediu desculpas em um vídeo.

A confiança dos cidadãos no monarca caiu para 47% em dezembro, mas já havia subido para 57% em abril deste ano, de acordo com uma pesquisa local.

jcp/bpa/es/jvb/tt

IPSOS