PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Negociadores do acordo nuclear iraniano se reúnem novamente

20/06/2021 09h55

Viena, 20 Jun 2021 (AFP) - Os negociadores que tentam salvar o acordo nuclear com o Irã se reunirão neste domingo (20), depois da vitória do ultraconservador Ebrahim Raisi nas eleições presidenciais realizadas na quinta-feira na República Islâmica.

Esta nova reunião faz parte das discussões regulares que começaram no início de abril com o objetivo de que os Estados Unidos voltem ao acordo histórico de 2015 e que o Irã cumpra novamente com os limites de seu programa nuclear em troca de um alívio das sanções.

Mikhaíl Ulyanov, o enviado russo nas negociações presididas pela União Europeia, disse que na reunião de domingo será "decidido o caminho a seguir".

"Um acordo sobre o restabelecimento do acordo nuclear está ao alcance das mãos, mas ainda não está finalizado", escreveu ele no Twitter no sábado.

O vice-ministro das Relações Exteriores do Irã, Abbas Araghchi, disse que os participantes descansariam após a reunião deste domingo e voltariam para seus países.

"Agora estamos mais perto do que nunca de um acordo. Mas não é fácil reduzir a distância que nos separa de um acordo", declarou à televisão estatal iraniana.

"Nesta fase, está claro quais áreas, quais ações são possíveis e quais não são. Portanto, é hora de todas as partes, especialmente nossos homólogos, tomarem sua decisão final", acrescentou.

As partes do acordo -- Reino Unido, China, Alemanha, França, Rússia e Irã-- se reuniram em Viena com participação indireta dos Estados Unidos em abril para salvar o acordo, que promete a Teerã um alívio das sanções em troca de reduzir seu programa nuclear.

Entretanto, em 2018 o ex-presidente americano Donald Trump se retirou do pacto e voltou a impor sanções, o que levou o Irã a intensificar suas atividades nucleares a partir de 2019.

O ultraconservador Ebrahim Raisi foi declarado vencedor das eleições presidenciais do Irã no sábado, com quase 62% dos votos.

jza/wdb/pc/zm/aa