PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Capturam suposto assassino de candidato a prefeito no México

23/06/2021 19h18

Coatzacoalcos, México, 23 Jun 2021 (AFP) - Autoridades do estado mexicano de Veracruz, no leste do país, informaram nesta quarta-feira (23) que capturaram o suposto assassino de um candidato a prefeito, que o teria matado para permanecer no cargo.

O indivíduo, identificado como Omar "N", é apontado como o autor intelectual da morte de Remigio Tovar, candidato pelo partido Movimiento Ciudadano a prefeito de Cazones de Herrera, no norte de Veracruz.

Tovar, assassinado apenas um dia antes das eleições de 6 de junho, venceu com 49% dos votos.

O Ministério Público estadual de Veracruz explicou que junto com Omar "N" seu cúmplice Gustavo "N" também foi capturado.

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, referiu-se ao caso durante sua habitual sessão matinal onde explicou que, segundo as investigações, o suspeito - que atuou como gestor de campanha de Tovar - buscava "permanecer como candidato e ganhar".

No dia do assassinato, Omar "N" estava na casa da vítima e ainda usou seu caminhão para levá-lo ao hospital.

As eleições legislativas e locais de 6 de junho e a campanha eleitoral anterior foram cercadas por violência, com 102 políticos assassinados, 36 deles candidatos ou pré-candidatos a prefeitos, segundo dados da consultoria privada Etellekt.

Veracruz é também um dos estados mais afetados pela violência dos cartéis de drogas que disputam seu território, que se estende ao longo da costa do Golfo do México.

str/jla/dga/bn