PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Presidente do Equador é operado com sucesso em hospital dos EUA

23/06/2021 19h43

Quito, 23 Jun 2021 (AFP) - O presidente do Equador, Guillermo Lasso, que usa bengala para caminhar após ser vítima de um erro médico, foi submetido nesta quarta-feira (23), em Miami, a uma cirurgia bem sucedida de "média complexidade e pouco invasiva" na lombar, informou a Secretaria de Comunicação do governo.

"O procedimento transcorreu de acordo com o planejado e foi concluído com êxito, sem qualquer complicação", destacou a pasta em um comunicado.

O ministério acrescentou que "é previsível que, com a cirurgia e reabilitação física, o presidente melhore sua mobilidade".

A operação consistiu na retirada de um cisto na lombar.

Lasso, de 65 anos, que tomou posse do cargo há um mês, fraturou em 2013 o perônio direito durante uma peregrinação religiosa na Espanha, onde um procedimento médico equivocado para corrigir a lesão comprometeu sua medula espinhal.

"Para meu azar, o anestesista comete um erro, espetou a dura mater e me provocou um hematoma na cauda equina, que me causou dores insuportáveis nas pernas durante 45 dias. Perdi 15 quilos, não conseguia dormir, me afastei um pouquinho do mundo", relatou o presidente pouco antes de vencer o segundo turno em 11 de abril.

Quatro anos depois, o hematoma gerou vários cistos na medula espinhal, que o presidente operou em 2018 nos Estados Unidos.

Lasso, que faz sua primeira viagem ao exterior como chefe de Estado equatoriano, mantém suas "atividades de gabinete" nos Estados Unidos e retomará sua agenda pública na próxima quarta-feira, segundo a Secretaria de Comunicação.

sp/dga/mvv