PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
2 meses

Somália adia eleições

25/07/2021 13h02

Mogadíscio, 25 Jul 2021 (AFP) - A Somália adiou as eleições que deveriam começar neste domingo, após meses de atrasos neste país instável no Chifre da África, informaram as autoridades à AFP.

A partir de 25 de julho, os delegados deveriam votar primeiro por quatro dias para eleger a Câmara Alta, e o ciclo eleitoral deveria terminar com uma votação presidencial indireta em 10 de outubro.

"Embora o plano fosse que a eleição da Câmara Alta começasse hoje nos diferentes estados, houve um atraso e a eleição poderá não ocorrer como planejado", disse à AFP um membro da comissão eleitoral.

O atraso se deve ao fato de as regiões federais não terem conseguido apresentar as listas de candidatos em tempo hábil, nem formar comissões locais para emitir os votos, acrescentou a fonte, que pediu o anonimato.

Um porta-voz do governo federal, Mohamed Ibrahim Moalimu, disse à AFP que as eleições foram "adiadas", sem dar detalhes.

No complexo sistema eleitoral, delegados especiais escolhidos por um grande número de clãs nos cinco estados federais escolhem os parlamentares que, por sua vez, indicam o presidente.

Na semana passada, os extremistas islâmicos do Al Shabaab alertaram os políticos para não participarem das eleições, que deveriam começar após meses de bloqueio e atrasos.

A ameaça, em mensagem de áudio supostamente gravada por seu líder Ahmed Umar Abu Ubaidah, destacou os problemas de segurança do processo eleitoral.

str-md/yad/mbx/pc/tjc/mr