PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Cheia de córrego inunda centenas de casas no México

Cheia córrego El Seco provocou inundações nas ruas de Zapopan, no estado de Jalisco (México) - Ulises Ruiz/AFP
Cheia córrego El Seco provocou inundações nas ruas de Zapopan, no estado de Jalisco (México) Imagem: Ulises Ruiz/AFP

26/07/2021 01h50Atualizada em 26/07/2021 06h49

Guadalajara, México, 26 Jul 2021 (AFP) - Chuvas torrenciais no estado mexicano de Jalisco (oeste) provocaram a transbordamento do córrego El Seco, que afetou cerca de 300 casas em mais de uma dúzia de bairros locais, informaram as autoridades locais no domingo (25).

O governador do estado, Enrique Alfaro, informou pelas redes sociais que foram detectados "56 pontos de inundação e foram contabilizadas 310 casas afetadas".

O boletim oficial dos danos também inclui "dois desmoronamentos, três afundamentos e 12 veículos enguiçados", mas não foram reportadas mortes.

As tempestades, acompanhadas de granizo, caíram em bairros vizinhos ao Bosque da Primavera —o pulmão mais importante da Região Metropolitana de Guadalajara, capital do estado— e do Morro da Bandeira.

A força da água levou tudo em seu caminho, de lixo e escombros a carros, enquanto as famílias afetadas levaram para as ruas seus pertences domésticos, danificados pela inundação, constatou a AFP.

Bombeiros trabalham na região com maquinário para retirar a lama e limpar vias, além do que "foi instalado um posto de comando para atender emergências e coordenar os trabalhos de ajuda", informou o governo do estado em um comunicado.

Pela magnitude dos danos, as autoridades locais vão solicitar a emissão de uma declaração de emergência que lhes permita acessar recursos estaduais para responder às contingências.

O Mapa Único de Inundações da Região Metropolitana de Guadalajara revelou que nas cidades mexicanas que formam a área há 321 pontos suscetíveis a inundações que podem representar riscos.

Internacional