PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Combates retomados perto de Herat, grande cidade do oeste do Afeganistão

31/07/2021 10h43

Herat, Afeganistão, 31 Jul 2021 (AFP) - Talibãs e forças governamentais retomaram, neste sábado (31) à tarde, os combates nas redondezas de Herat, grande cidade do oeste do Afeganistão, onde na véspera escritórios das Nações Unidas foram atacados, segundo moradores e autoridades locais.

De madrugada, o Exército afegão parecia ter sufocado a ofensiva ao redor desta cidade de 600.000 habitantes, a terceira mais populosa do país, e usaram a força nos lugares onde houve confrontos na véspera.

A calmaria reinou até a tarde, quando os confrontos foram retomados.

"Neste momento, há combates nos subúrbios do sul e no sudeste da cidade de Herat", especialmente nas áreas de Pashtun Pul e Pul Malan, duas pontes situadas a 10 quilômetros da cidade, declarou à AFP o governador da província de Herat, Abdul Saboor Qani.

A região de Pashtun Pul, palco de intensos combates na sexta-feira, abriga o edifício da Missão das Nações Unidas no Afeganistão (UNAMA), cuja entrada foi alvo de disparos de lança-foguetes e outras armas de fogo.

O ataque, que causou vários feridos e a morte de um policial afegão que guardava a entrada, "foi realizado por elementos anti-governo", disse a UNAMA na sexta-feira.

"As forças de segurança afegãs e as 'forças de resistência' (milícias anti-talibãs) lutam para repelir e destruir os talibãs. Tentamos ao máximo proteger a população, mas o inimigo tomou posições em domicílios privados. Nos movemos com cuidado para evitar perdas civis", disse o governador neste sábado.

A batalha ocorre no distrito de Injil, perto de Herat, no de Guzara, ao sul da cidade, onde se encontra o aeroporto, acrescentou.

"As pessoas abandonaram suas casas para fugirem para a cidade de Herat (...). Isso cria terror entre os habitantes", disse à AFP Gul Ahmad, que vive no distrito de Injil.

Em seus três meses de ofensiva contra o Exército afegão, os talibãs se apoderaram de vários distritos da província de Herat, assim como dois pontos fronteiriços nessa região, o de Islam Qala, principal passagem para o Irã, e o de Torghundi com o Turcomenistão.

str-ayv/eb/sg/dbh/erl/aa