PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Cidades chinesas fazem milhões de testes por aumento de casos de covid-19

01/08/2021 06h44

Pequim, 1 Ago 2021 (AFP) - As cidades chinesas fizeram milhões de testes de detecção da covid-19 e impuseram novas restrições de viagens para tentar conter o surto de coronavírus mais importante dos últimos meses no país.

O surto teve origem no aeroporto da cidade de Nanjing (leste) e já se espalhou para cerca de 20 localidades e mais de 12 províncias.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 75 novos casos de coronavírus, 53 deles por transmissão local.

Em Nanjing, na província de Jiangsu, já foram feitos três testes de diagnóstico em seus 9,2 milhões de habitantes. Ordens de confinamento atingem centenas de milhares de pessoas.

As autoridades sanitárias estão tentando rastrear, em nível nacional, as pessoas que viajaram recentemente para Nanjing, ou para Zhangjiajie, na província de Hunan. Nesta última, as autoridades locais determinaram confinamento para sua população de 1,5 milhão de habitantes, e todas as atrações turísticas foram fechadas.

Neste domingo, também foram relatados casos na Ilha de Hainan, outro popular destino turístico, assim como nas províncias de Ningxia e Shandong, disseram as autoridades.

O país luta contra outro aumento de casos na cidade de Zhengzhou, o epicentro das recentes e trágicas inundações na província de Henan (centro).

Com 27 casos de transmissão local detectados, as autoridades ordenaram hoje uma campanha de teste em massa para seus 10 milhões de residentes.

Estes focos de contágio voltam a colocar as autoridades sanitárias chinesas à prova, depois de terem celebrado seu sucesso no controle da pandemia. O país foi o primeiro no mundo a impor um confinamento pelo coronavírus, no início de 2020.

prw/oho/dbh/zm/tt