PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
9 meses

Talibãs conquistam Ghazni, 10ª capital provincial em seu poder

Bandeira do Afeganistão; os talibãs avançaram em um ritmo considerável nos últimos dias - Tom McShane/Loop Images/Universal Images Group via Getty Images
Bandeira do Afeganistão; os talibãs avançaram em um ritmo considerável nos últimos dias Imagem: Tom McShane/Loop Images/Universal Images Group via Getty Images

Em Cabul

12/08/2021 06h51

Os talibãs conquistaram hoje a cidade de Ghazni, 150 km a sudoeste de Cabul, que se torna a 10ª capital provincial do Afeganistão a cair em seu poder, informou um conselheiro provincial.

"Posso confirmar que Ghazni caiu nas mãos dos talibãs esta manhã (quinta-feira). Eles assumiram o controle de áreas-chave da cidade: o gabinete do governador, a sede da polícia e a prisão", disse o chefe do Conselho da Província de Ghazni, Nasir Ahmad Faqiri, à AFP.

Ele afirmou ainda que combates ainda estão sendo travados em algumas partes da cidade, mas que os talibãs têm "o controle majoritariamente". Os rebeldes também reivindicaram a tomada da localidade.

Ghazni é a capital provincial mais próxima de Cabul de todas as conquistadas pelos insurgentes desde o lançamento de sua ofensiva em maio, início da retirada das tropas estrangeiras do país. A saída destes soldados está prevista para terminar no final de agosto.

Os talibãs avançaram em um ritmo considerável nos últimos dias. Em uma semana, assumiram o controle de 10 das 34 capitais provinciais afegãs. Sete delas ficam no norte do país, uma região que conseguiu oferecer-lhes resistência no passado.

Na noite de terça-feira (10), eles tomaram Pul e Khumri, capital da província de Baghlan, 200 km ao norte de Cabul. Com isso, vão-se aproximando da capital tanto pelo norte quanto pelo sul.

Ghazni já esteve em poder dos insurgentes por um breve período em 2018. Agora, simboliza sua conquista mais importante até o momento, junto com Kunduz, um município estratégico no nordeste, entre Cabul e o Tadjiquistão.

Embora os talibãs já estivessem há tempos presentes nas províncias de Wardak e Logar, a algumas dezenas de quilômetros de Cabul, a queda de Ghazni representa um sinal alarmante para a capital.

Esta cidade também está localizada no eixo que liga Cabul a Kandahar, a segunda cidade do país, ao sul. Ao conquistá-la, os insurgentes podem cortar as linhas de abastecimento terrestre do Exército para o sul.

Internacional